Article

Irène Zamfirescu    
Voir son profil Voir ses articles

A gestao de uma floresta no meu pais   

Auteur : Irène Zamfirescu

Note :

Enquête : ->

Pays : France

Langue :

pix

Uma floresta é uma área que apresenta uma importante densidade de árvores e arbustos. Existem florestas em praticamente todas as regiões do planeta. Entre as diversas classificações das florestas, uma das mais usuais é aquela que levam em conta o seu nascimento e a sua história. Neste sentido, pode-se mencionar as florestas primárias ou nativas (surgidas de forma natural e sem grandes intervenções externas), as florestas secundárias (regeneradas a partir de um primeiro abate) ou as florestas artificiais (plantadas pelo ser humano). De acordo com a localização geográfica, existem as florestas tropicais, as florestas subtropicais, as florestas temperadas (de frondosas, de coníferas, valdevinos ou mediterrâneas) e as florestas boreais, entre outras.

Na França, houve uma grande desflorestação no século XIX, quando as florestas passaram a ocupar somente 13,6% do território. Mas elas foram se recuperando pouco a pouco, até atingir a superfície equivalente à do fim da Idade Média, ou seja, 28% do território francês, que corresponde a 15,5 milhões de hectares.
Por que esse aumento? A primeira razão foi a passagem da agricultura extensiva (que precisava de muita superfície de terreno) à intensiva; a segunda razão foi a evolução da agricultura nas zonas de montanha onde as florestas passaram a ser preservadas; a terceira razão foi a aparição de uma «nova ruralidade» ligada à defesa do meio-ambiente, com o surgimento de novas formas de gestão da floresta e de novas relações entre cidades e campos.
A gestão dos recursos naturais das florestas pode ser sustentável ou não. A gestão sustentável é a que se faz de uma maneira que permite manter a biodiversidade da floresta, sua capacidade de regeneração, sua vitalidade, a capacidade de satisfazer as funções ecológicas (diminuir a poluição, proteger animais, etc.), económicas (exploração de madeira e turismo), social (lazer, educação ambiental) nos níveis local, nacional e mundial, e que não prejudique outros ecossistemas. As florestas precisam de uma gestão quando o desmatamento é tão intenso que impede a sua regeneração; quando uma ou várias espécies animais ou vegetais estão ameaçadas, quando se quer utilizá-las para o turismo. Uma gestão sustentável de uma floresta caracteriza-se por 6 critérios:
- A capacidade de regeneração da floresta;
- A manutenção de um bom estado sanitário;
- A produção de madeira;
- O respeito da biodiversidade;
- A proteção do chão e das águas;
- A manutenção das funções de lazer (turismo, paisagem, etc.).
As funções sociais e de proteção ambientais da floresta mobilizam associações, como France Nature Environnement, as federações de caçadores, os clubes desportivos ou de lazer florestais, o PEFC (Programme de reconhecimento de certificações florestais - um label ambiental para promover a gestão sustentável das florestas). Todos eles são interlocutores essenciais para a política de gestão sustentável das florestas. Os consumidores também são atores importantes, pois compram e utilizam produtos da produção de madeira; papel, embalagens, mobiliário, madeira de construção… Os produtos certificados PEFC garantem modos de gestão de exploração das florestas, que respeitam o meio ambiente, da biodiversidade e das populações locais.


Contexte NEOS : Nature et environnement

Thèmes

Nature et environnement

Protection de l’environnement